Exame descarta morte por dengue de mulher em Santo Ângelo

NULL
Lucas de Campos 15 abril, 2015 Fonte:

Foi descartada a segunda morte por dengue em Santo Ângelo. A informação foi confirmada pelo coordenador da vigilãncia em Saúde de Santo Angelo, Ubiratan Alencastro, em entrevista concedida ao programa Aldeia global. Após a morte da mulher de 38 anos, que residia no bairro Pilau, se cogitou que fosse o segundo óbito por dengue na capital Missioneira. No entanto, o resultado do exame que foi realizado pelo Laboratório Central do Estado – LACEM, se descartou a morte por dengue. Ubiratan Alencastro , na entrevista concedida a Sepé, confirmou que uma equipe da 4ª coordenadoria de Saúde, com séde em Santa Maria, veio reforçar o grupo que trabalha no combate a dengue em Santo Ângelo. O número de casos de dengue em 2015 no Estado cresceu 45% em uma semana. Já são 179 confirmados, sendo 136 autóctones (contraídos no Estado) e 43 importados. O total foi divulgado na tarde desta terça-feira (7) pela Secretaria Estadual da SaúdeO município de Santo Ângelo registrou a primeira morte autóctone no Rio Grande do Sul: foi uma mulher de 41 anos que morreu no dia 22 de março. Santo Ângelo tem confirmados oficialmente 7 casos de dengue, sendo 4 importados e 3 autóctones. 

© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.