Estado vai recorrer da liminar que suspende extinção de fundações

Piratini vai buscar reversão da decisão por meio da Procuradoria-Geral do Estado - Foto: Leandro Osório/Especial Palácio Piratini
devicari 12 Abril, 2018 Fonte:

Em relação à decisão liminar do Tribunal de Contas do Estado (TCE/RS), que suspende o processo de extinção das fundações, o governo do Estado, por intermédio da Procuradoria-Geral do Estado, informa que vai recorrer.

A conclusão das extinções das fundações, que atende à lei 14.982/17, aprovada pela Assembleia Legislativa, estava prevista para o dia 17 de abril. Até o momento, já foram efetivados os desligamentos de 157 empregados das instituições e assinados 136 Planos de Demissões Voluntárias.

“Sempre foi intenção do governo enxugar a estrutura, mantendo os serviços mais relevantes prestados pelas fundações. Todas as ações estão legitimadas pelo processo democrático”, afirmou o secretário de Planejamento, Governança e Gestão do Estado, Josué Barbosa. Acrescentou que as equipes estão trabalhando de acordo com o planejamento para cumprir os pressupostos da legislação, com toda a cautela para zelar pelo patrimônio público.

“A PGE está acompanhando as questões jurídicas. A partir dessa liminar, vamos interromper o andamento e aguardar a decisão. Após, poderemos elaborar um novo calendário para seguir os trabalhos”, informa o secretário.

Notícias Relacionadas

  • devicari 21 Abril, 2018

    Homem apanha de relho em frente à agência bancária de Santo Ângelo

    Um homem apanhou de aparelho em frente à agência bancária de Santo Ângelo, na Rua ...

    Leia mais >
  • devicari 21 Abril, 2018

    CTG Tio Bilia promove a 23ª Gincana Cultural neste domingo

    Acontece neste domingo, 22, a 23ª Gincana Cultural e Social do CTG Tio Bilia. O ...

    Leia mais >
  • devicari 20 Abril, 2018

    Acidente deixa dois feridos na ERS 218 em Santo Ângelo

    Duas pessoas ficaram feridas em acidente de trânsito ocorrido, por volta das 22h30min, na ERS ...

    Leia mais >
© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.