Engenharia Elétrica da URI Santo Ângelo integra convênio para reformas de escolas públicas

O objetivo principal do convênio é a modernização das instalações elétricas das escolas estaduais - Foto: AI URI Santo Ângelo
Sepé Tiaraju 26 abril, 2018 Fonte: URI Santo Ângelo

Com o objetivo de reformar escolas públicas estaduais que possuem estruturas físicas comprometidas, o governo gaúcho estabeleceu convênio com instituições de ensino superior. A Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão (SPGG) assinou, em fevereiro, termo de cooperação com oito universidades para desenvolvimento de projetos de qualificação da rede elétrica em escolas estaduais.

Para essa parceria, 75 universitários dos cursos de Engenharia Elétrica das instituições apoiadoras foram contratados como estagiários pelo Governo gaúcho. Eles vão trabalhar na elaboração dos projetos das obras que depois serão executadas nas escolas, sempre monitorados e orientados por professores.

O Rio Grande do Sul conta hoje com mais de 2.500 escolas em funcionamento na rede pública e destas, significativa parcela é composta por prédios antigos, que necessitam de reformas.

O curso de Engenharia Elétrica da URI Santo Ângelo participa do referido convênio, cujas atividades tiveram início oficial na segunda-feira, 23, com encontro que reuniu na URI, os professores Ângelo Trein Lucca, Iuri Castro Figueiró e Nelson Knak Neto; a coordenadora da Coordenadoria Regional de Obras Públicas arquiteta Daniela Arena Viaro Copetti; o engenheiro eletricista Gabriel Flores; os acadêmicos estagiários Denise Hartmann, Frederico João Holsbach, Franciele Rodrigues Dutra, Mateus Felden Scheuermann e Matheus Souza da Cruz.

O objetivo principal do convênio é a modernização das instalações elétricas das escolas estaduais. Os alunos serão responsáveis pelo levantamento, em todas as escolas, da carga instalada e das condições das instalações para, em seguida, elaborar o projeto elétrico das novas instalações. Trabalharão diretamente nesse convênio os cinco estagiários da URI, sempre acompanhados pelo engenheiro eletricista da CROP Gabriel Flores, que é egresso da primeira turma de Engenharia Elétrica da URI, pelos professores do curso Ângelo Trein Lucca, Iuri Castro Figueiró e Nelson Knak Neto e pela coordenadora de Obras, Daniela Copetti.

Já no dia 24 de abril, aconteceu reunião na Escola Estadual de Ensino Fundamental Esther Schroeder, de Santo Ângelo. Participaram do encontro, a Coordenadora da 14ª CROP, Daniela Copetti; a Coordenadora Regional de Educação, professora Enida Teresinha Lange Sallet; a Assessora das Obras Escolares da 14ª CRE, Lissandra Schmitt; o engenheiro eletricista da Força Tarefa SPGG – SOP- SEDUC, Gabriel Flores, a equipe diretiva da referida escola e os estagiários de Engenharia Elétrica da URI Santo Ângelo.

A equipe iniciou nesta data os trabalhos na Escola Esther Schroeder de Santo Ângelo, que foi contemplada com R$150.000,00, recurso proveniente do Bird.

Notícias Relacionadas

  • Sepé Tiaraju 17 março, 2019

    Rotaract Club Santo Ângelo marca 13 de março na FASA

    A Faculdade Santo Ângelo (FASA) recebeu o Rotaract Club Santo Ângelo na última quarta-feira, 13 ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 17 março, 2019

    Reitor da UniRitter e pós-doutora da UFSM fizeram a aula magna do Direito noturno

    Após manifestações do diretor Acadêmico Marcelo Stracke e da coordenadora do curso, Charlise Colet Gimenez, ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 16 março, 2019

    Santo-angelense é a primeira fisioterapeuta com Síndrome de Down do país

    Luana Rolim de Moura, santo-angelense, é a primeira fisioterapeuta com Síndrome de Down no país. ...

    Leia mais >
© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.