Em vigor a resolução que exige o extintor de incêndio de carga ABC em veículos

NULL
Lucas de Campos 2 janeiro, 2015 Fonte:

Quem descumprir a norma, pode levar multa de R$ 127,69 e ainda perder cinco pontos na carteira

Desde ontem (01), está em vigor a norma que exige a todos os veículos do país estarem equipados com o extintor de incêndio com carga ABC. Quem descumprir, estará sujeito a uma multa de R$ 127,69 e ainda perder cinco pontos na carteira.

Os equipamentos com a carga BC combatem incêndios em líquidos inflamáveis e equipamentos elétricos e são recarregáveis. Já os extintores ABC, além de cumprirem a mesma função do anterior, também acabam com o fogo em estofados e pneus. Não são recarregáveis e têm prazo de validade de cinco anos

Desde 2005, o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) possui uma resolução na qual determina que todos os carros produzidos no Brasil saiam de fábrica com o extintor de incêndio ABC. Em 2009, o Cotran determinou que a partir de 1º de janeiro de 2015 os veículos só poderiam circular equipados com extintores do tipo ABC.

Em entrevista, o chefe de Comunicação da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Alessandro Castro, afirma que não serão “buscas” aos motoristas que têm o equipamento no modelo BC. “Não teremos blitz só para verificar o extintor. A fiscalização segue normalmente, com a diferença de que vemos também o tipo equipamento”.

Legislação
* A resolução 333/2009 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) determina que, a partir de 1º de janeiro de 2015, só poderão circular no país veículos equipados com extintores com carga tipo ABC.
* A multa para motoristas abordados, em caso de descumprimento, será de R$ 127,69 e ainda cinco pontos na CNH.

As diferenças
* Para descobrir qual a categoria do extintor, basta ver se o equipamento traz as letras BC (antigo) ou ABC, nos cilindros.
* Os equipamentos do tipo BC combate incêndios em líquidos inflamáveis e equipamentos elétricos. São recarregáveis.
* Os extintores ABC, além dessas funções, acabam com incêndios em estofados e pneus. Não são recarregáveis (são descartáveis) e tem prazo de validade de cinco anos.

O que é verificado em vistorias
* Indicador de pressão (não pode estar na faixa vermelha).
* Integridade do lacre
* Presença da marca do Inmetro
* Prazos de durabilidade e validade do teste hidrostático 
* Aparência externa (precisa estar em boas condições, sem ferrugem, amassados ou outros danos.

Peso no bolso
* Extintores do tipo ABC estão sendo comercializados a valores entre R$ 60 e R$ 80. (Há relatos de que em Porto Alegre, devido a demanda, o preço inflacionou chegando a ser cobrado de R$ 70 a R$ 100.

Fonte: radiosaoluiz.com

© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.