Egressa da URI Santo Ângelo é aprovada em Mestrado da USP com a maior nota

Tamara Machado Matos se formou em Ciências Biológicas em agosto de 2017
Lucas de Campos 15 janeiro, 2018 Fonte:

A egressa do Curso de Ciências Biológicas-Bacharelado da URI Santo Ângelo, Tamara Machado Matos, foi recentemente aprovada no mestrado em Ciências na linha de pesquisa de Recursos Econômicos Vegetais do Departamento de Botânica do Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo IB/USP.

A bióloga Tamara Machado Matos, se formou em agosto de 2017 na primeira turma de bacharéis em Ciências Biológicas da URI. No início de outubro de 2017, realizou a seleção para o Programa de Pós-Graduação em Botânica do Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo IB/USP, e foi aprovada com a maior nota (9,6) para esta especialização.

Tamara relata que desde o início de 2017 preparava-se para tal seleção e ao mesmo tempo, realizava o estágio obrigatório de final de curso, supervisionado no Instituto da USP. O processo seletivo ocorre no primeiro e segundo semestre de cada ano no IB/USP, consistindo de uma primeira fase, onde o candidato realiza prova de proficiência em Língua Inglesa e uma prova em Botânica, além de apresentar o projeto de pesquisa que pretende desenvolver durante os dois anos da Pós-Graduação. Se aprovado, na segunda fase o candidato realiza a prova de arguição ou entrevista pela banca de avaliadores, sobre o projeto proposto. Tanto a prova de proficiência em Botânica quanto a prova de arguição são eliminatórias.

Além disso, na etapa de classificação para a bolsa, a avaliação do currículo da candidata pela comissão do programa proporcionou à futura mestranda o primeiro lugar, e, assim sendo, deve iniciar o curso a partir de fevereiro. Nesta etapa, é feita a análise do currículo Lattes com base em critérios tais como participação em bolsas de iniciação científica, publicação de artigos, entre outros, os quais são pontuados.

Tamara observa que durante a graduação, sempre buscou aprimorar o currículo participando de projetos de pesquisas e eventos, como congressos regionais, nacionais e internacionais na área da Botânica. Além disso, buscou divulgar as pesquisas científicas desenvolvidas dentro e fora da URI, por meio da publicação de artigos.

Na última avaliação quadrienal da Capes (2013-2016), o Programa de Pós-Graduação em Botânica do Instituto de Biociências da USP recebeu nota máxima – 7, considerada como excelente. Segundo a CAPES, “o programa é hoje uma das lideranças na formação de recursos humanos para a pesquisa e pós-graduação na Botânica”.

© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.