Discussão amorosa motivou morte de adolescente no Centro da Capital

NULL
Lucas de Campos 30 março, 2015 Fonte:

Adolescente de 16 anos foi morta com dois tiros

A adolescente de 14 anos apreendida na madrugada desta segunda-feira (30) assumiu que participou da morte da jovem Cristina Ferreira do Santos, 16 anos,  ao lado do Mercado Público, na Região Central dePorto Alegre.

Segundo a delegada do Departamento da Criança e do Adolescente (Deca), Eleonora Xavier,a motivação do crime foi uma discussão amorosa na saída de um inferninho. As duas meninas já eram conhecidas de festas realizadas no Centro da Capital.

A delegada disse ainda que num primeiro momento a menina confessou a autoria dos disparos, mas depois mudou a versão e afirmou que repassou a arma do crime para uma outra mulher, que ainda não foi identificada. De acordo a delegada, o procedimento para a internação da adolescente já foi concluído e encaminhado ao Poder Judiciário e ao Ministério Público.

Em entrevista ao programaGaúcha Atualidade, o tenente-coronel Francisco Vieira, responsável pelo 9º Batalhão de Policiamento Militar (BPM) de Porto Alegre, que atende a região Central, afirmou que a Brigada Militar realiza operações todas as noites para evitar que ocorram brigas na saída dos inferninhos.

“Essas pessoas pertencem a guangues e facções criminosas e acabam brigando nesses locais. Nós estamos realizando operações de prevenção, identificando essas facções e tentando evitar que esse tipo de crime aconteça”, afirmou.

Segundo o tenente-coronel, todas as noites pessoas são detidas e veículos são apreendidos. O principal motivo dessas brigas, segundo ele, é o acerto de contas entre as gangues. 

“Nos surpreende a idade dos envolvidos e como aconteceu o crime. Estamos trabalhando para identificar essa segunda pessoa que participou do crime”, afirmou.

Conforme depoimento, o tenente-coronel afirmou que todos os bares que estavam atuando de forma irregular já foram reabertos e, em relação essas medidas, nada mais pode ser feito. “Nós temos tirado da rua diarimente, carros roubados e dois ou três homens dentro desses carros armados.

Fonte: Rádio Gaúcha

© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.