Deputado Goergen presta depoimento à Polícia Federal

NULL
Lucas de Campos 9 abril, 2015 Fonte:

Investigados na Operação Lava-Jato, os deputados gaúchos Jerônimo Goergen e Renato Molling prestaram depoimento na Polícia Federal, em Brasília, nesta quarta-feira. Os dois estão entre os seis parlamentares do PP-RS que, segundo o doleiro Alberto Youssef, receberiam mesada abastecida com recursos desviados da Petrobras.Jeronimo Goergen falou por duas horas para um delegado e três procuradores. Respondeu perguntas sobre as supostos pagamentos e eventuais contrapartidas que os deputados deveriam dar para receber os repasses, que, conforme Youssef, teriam valores entre R$ 30 mil e R$ 150 mil. O dinheiro seria proveniente das comissões de 1% pagas ao PP por empreiteiras com base nos valores dos contratos firmados na Diretoria de Abastecimento da Petrobras.Goergen negou as afirmações do doleiro e explicou que não era deputado federal em 2010, uma das datas usadas como referência para elaboração da lista dos beneficiários da mesada. Goergen também forneceu detalhes sobre as brigas internas no PP, que envolviam a liderança na Câmara a partir de 2011.

© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.