Crise e novo comportamento reduzem interesse dos jovens em dirigir

Sepé Tiaraju 28 abril, 2019 Fonte: Agência Brasil

Símbolo de maturidade, status e autonomia desde que chegou ao Brasil, em 1891, o automóvel vem perdendo espaço entre os mais jovens. Identificada pelos governos, setor automotivo e por autoescolas, o crescente desinteresse dos jovens tem diversas causas. Entre os principais motivos apontados, estão a crise econômica, os inconvenientes do trânsito, os custos para manter um veículo próprio e a popularização de aplicativos móveis.

“Muitos jovens não consideram mais a CNH [Carteira Nacional de Habilitação] uma prioridade”, disse o presidente da Federação Nacional das Autoescolas e Centro de Formação de Condutores (Feneauto), Wagner Prado. Também presidente do Sindicato dos Centros de Formação de Condutores de Mato Grosso do Sul, Prado afirma que o fenômeno se intensificou a partir de 2015, com o agravamento da crise econômica e o acesso aos serviços de aplicativos de transporte pago ou compartilhado.

“Muitos jovens estão adiando o momento de tirar a habilitação. As famílias têm optado por investir em outras coisas, como em cursos universitários para estes jovens. Com isso, muitos acabam desistindo de tirar suas carteiras”, comentou Prado.

Notícias Relacionadas

  • Sepé Tiaraju 10 julho, 2019

    Estudo mostra que adolescentes de faixas carentes estão mais obesos

    Adolescentes residentes no Brasil, de faixas mais pobres da população, estão mais obesos e ainda ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 10 julho, 2019

    Inflação da construção civil é de 0,35% em junho

    O Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi), calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 10 julho, 2019

    Mega-Sena acumula e deve pagar R$ 7,5 milhões na próxima quinta

    O concurso 2167 da Mega-Sena não teve acertadores nos seis números sorteados nesta terça-feira (9): 27, ...

    Leia mais >
© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.