Com embargo da Europa preço do frango poderá ficar mais barato no Brasil

A expectativa é que o frango que seria exportado para a Europa seja comercializado no mercado interno - Foto: Agência Brasil
Sepé Tiaraju 24 abril, 2018 Fonte: Correio do Povo

Diante do embargo da União Europeia ao frango brasileiro o preço do produto poderá ficar mais barato no Brasil. A informação é da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA). Acredita-se que o frango que seria exportado para a Europa seja comercializado no mercado interno, aumentando a oferta e fazendo com que o preço caia, sobretudo nos locais onde estão as unidades de produção proibidas de vender para o bloco.
“A gente deverá ter um impacto negativo no mercado interno por força de um excesso de oferta, em um primeiro momento. Mas é importante que se diga que essa oferta não será muito grande porque o Brasil já vinha diminuindo as vendas para a Europa em um processo gradativo por conta dos critérios equivocadamente usados pelo bloco”, diz o vice-presidente de Mercado da ABPA, Ricardo Santin.
O anúncio da União Europeia revela que serão descredenciadas 20 plantas exportadoras da lista de empresas brasileiras autorizadas a vender carne de frango e outros produtos para os países que compõem o bloco econômico formado por 28 países. Ao todo, unidades de nove empresas serão afetadas, de acordo com a ABPA. A lista oficial ainda não foi divulgada e, segundo a associação, o relatório da decisão deve vir a público em 15 dias.

Notícias Relacionadas

  • Sepé Tiaraju 15 agosto, 2018

    Soja opera com leve baixa nesta 4ª feira

    O mercado internacional da soja volta a recuar nesta quarta-feira (15) na Bolsa de Chicago. ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 12 agosto, 2018

    Soja perde mais de 4% em Chicago, mas no Brasil preços se mantêm com dólar e prêmios

    Os números trazidos pelo USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) nesta sexta-feira (10) surpreenderam ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 10 agosto, 2018

    Etanol a partir de triticale pode trazer autossuficiência do combustível no RS

    O Rio Grande do Sul pode começar a produzir combustível a partir de triticale (cereal ...

    Leia mais >
© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.