Centenas protestam contra corte de repasses a hospitais filantrópicos

NULL
Lucas de Campos 13 maio, 2015 Fonte:

Centenas de servidores de santas casase hospitais filantrópicos do Estado fazem uma manifestação desde o final da manhã desta quarta-feira (13), em frente ao Palácio Piratini em Porto Alegre. O ato tenta pressionar o governo a colocar em dia o repasse de verbas que está atrasado desde o ano passado. São R$ 132,6 milhões referentes à produção dos hospitais nos meses de outubro e novembro de 2014.Os funcionários reinvindicam, também, o retorno da chamada verba de cofinanciamento, que serve para complementar os valores pagos pelo  Sistema Único de Saúde (SUS) aos procedimentos hospitalares. Este recurso equivale a R$ 25 milhões por mês e foi cortado desde o início do ano.Segundo o presidente da Federação das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos, Francisco Ferrer, 9% dos atendimentos realizados, nas 245 insituições de saúde do RS, podem ser cancelados caso não haja uma mudança no repasse de verba. O impasse prejudica serviços como exames, diagnósticos e outros procedimentos ambulatoriais.Um encontro está marcado, para o início da tarde, entre representantes da categoria e o chefe da casa civil, Márcio Biolchi, para discutir o assunto, no Palácio Piratini.Na última semana, a Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre já havia anunciado a redução de 116 leitos para o SUS em razão da falta de recursos.

 

© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.