Casarin diz que obra do PAC de São Miguel das Missões vai começar em 2018

Foto: Cristiano Devicari/AT
Sepé Tiaraju 25 agosto, 2018 Fonte: A Tribuna

“Teremos um futuro promissor no turismo consolidado os investimentos previstos pelo PAC São Miguel das Missões, com recursos provenientes do Ministério das Cidades”. Essa é a declaração do prefeito Hilário Casarin com a liberação de cerca de R$ 5 milhões para obras no município.

De acordo com o prefeito falta definir qual obra será iniciada nesta primeira etapa. “Estamos em dúvida se vamos utilizar esses recursos na pavimentação do entorno do Sítio Arqueológico São Miguel Arcanjo ou na construção do Centro Cultural. Nossa ideia é definir onde vamos começar o investimento com a participação da comunidade e técnicos do IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

Casarin explica que o projeto do complexo cultural prevê a construção do Museu Missioneiro, a Secretaria de Turismo, a casa de passagem indígena e o espaço do IPHAN. “Esse projeto depois de concluído certamente vai se transformar num grande atrativo turístico, que contribuirá no aumento do número de visitantes, movimentando a hotelaria e a área da gastronomia da cidade, e na geração de emprego e renda. Acreditamos que entre 5 a 10 anos São Miguel das Missões dará um grande salto no patamar do turismo no Estado. Temos muito a crescer. Para se ter uma ideia Olinda que é uma cidade histórica recebe cerca de 3 a 4 milhões de turistas ao ano enquanto nós ficamos entre 80 a 100 mil”.

O chefe do Executivo explica que o volume total previsto de recursos seria de R$ 60 milhões, mas sabe que somente de forma gradual poderá ser feito. “Vamos trabalhar para viabilizar esse projeto que custou R$ 4 milhões. A Superintendência do IPHAN/RS está fazendo as adequações necessárias do nosso projeto. Acreditamos que até o final do ano seja feita a licitação e no início de 2018 começa a primeira etapa das obras no município. Com esse pontapé inicial vamos atrair novos investidores para a cidade e passaremos a ter uma nova realidade. A cada ano poderemos fazer uma nova etapa e dessa forma concluir esse grande projeto”.

CIDADES HISTÓRICAS

O prefeito Hilário Casarin conta que participou do Seminário Internacional Gestão de Sítios Culturais do Patrimônio Mundial na cidade de Goiás (GO) entre os dia 13 e 15 de agosto. No encontro participaram 14 cidades brasileira com patrimônio mundial e teve a participação dos ministros da Cultura, Sérgio Sá Leitão; Turismo, Vincius Lummertz, Meio Ambiente, Edson Duarte; e Cidades, Alexandre Baldy, a presidente do IPHAN, Kátia Bogeá, os prefeitos de 14 sítios culturais brasileiros inscritos na Lista do Patrimônio Mundial. Na ocasião foi assinada a Carta de Goiás que busca garantir a continuidade de investimentos federais, estaduais e municipais na requalificação urbana das cidades históricas.

Notícias Relacionadas

  • Sepé Tiaraju 11 dezembro, 2018

    Suspeitos de feminicídios são encontrados mortos em duas cidades do RS

    O Rio Grande do Sul registrou dois casos de feminicídio na noite de segunda-feira (11). ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 10 dezembro, 2018

    Veículo é consumido pelo fogo em Cerro Largo

    Nesta segunda-feira, 10, por volta das 5h45min, um veículo VW Polo pegou fogo na rua ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 10 dezembro, 2018

    Pagamento do IPVA com desconto começa nesta terça-feira

    A partir desta terça-feira (11) já será possível efetuar o pagamento do IPVA 2019 (Imposto ...

    Leia mais >
© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.