Cartório repassa orientações aos eleitores sobre ordem de votação dos candidatos

Sepé Tiaraju 29 setembro, 2018 Fonte: A Tribuna

Mesmo com a experiência na urna eletrônica, muitos eleitores apresentam dúvidas sobre a ordem de votação nas eleições de outubro. Neste pleito as pessoas escolhem seis candidatos (deputado federal, deputado estadual/distrital, senador 1ª vaga, senador 2ª vaga, governador e presidente). Diante desta dificuldade, o Cartório da 45ª Zona Eleitoral está repassando orientações aos eleitores.

A chefe do Cartório da 45ª Zona Eleitoral, Marivani Gehm Gonçalves, conta que os eleitores estão recebendo colas eleitorais com a ordem de votação. “Nesta cola aparece os cargos e o número de dígitos para votar. O eleitor pode levar para casa esse material e nele colocar os números dos candidatos de sua preferência. Isso facilita a vida do eleitor no momento da votação e também agiliza o processo”.

ORIENTAÇÕES PARA O VOTO

Para votar o candidato deve apresentar o título de eleitor e um documento oficial de identificação com foto. Na urna eletrônica, o primeiro passo são quatro dígitos para deputado federal e em seguida tecla confirma. No caso de voto na legenda dois dígitos (o número do partido). O segundo passo cinco dígitos para deputado estadual e confirma. O terceiro passo são dois dígitos para senador (1ª vaga) confirma. O quarto passo dois dígitos para senador (2ª vaga), confirma. O quinto passo dois dígitos para governador, confirma. E o sexto passo dois dígitos para presidente, confirma. A urna eletrônica vai dar o sinal de conclusão da votação.

O mandato dos eleitos inicia no dia 1 de janeiro de 2019. Para quase todos os cargos o mandato é de 4 anos, menos para os senadores que têm 8 anos de mandato.

ELEITORES

A chefe do Cartório Eleitoral, Marivani Gonçalves, explica que na área de abrangência da 45ª Zona Eleitoral, que engloba os municípios de Santo Ângelo, São Miguel das Missões, Entre-Ijuís, Vitória das Missões e Eugênio de Castro, são 80.079 eleitores. Desse total, 61.833 eleitores são de Santo Ângelo.

VOTO BIOMÉTRICO

Por 7 votos a 2, Supremo Tribunal Federal (STF) manteve o cancelamento de títulos nas cidades que o cadastramento biométrico é obrigatório. De acordo com a Justiça Eleitoral, no país cerca de 3,3 milhões de eleitores terão títulos cancelados e não poderão votar em outubro.

A chefe do Cartório Eleitoral de Santo Ângelo explica que essa medida não afetará os municípios da 45ª Zona Eleitoral. Ela lembra que no caso de Santo Ângelo o cadastramento biométrico não é obrigatório. Já em cidades como Vitória das Missões, Eugênio de Castro e São Miguel das Missões o cadastramento ocorreu em 2013 e em Entre-Ijuís foi em 2015. “Essas cidades também não serão afetadas por essa decisão do STF. A maioria dos eleitores tinha feito o cadastramento e quem se encontrava em situação irregular não pode votar em 2016 e acabou se regularizando posteriormente.”

APLICATIVO DIGITAL

A novidade desta eleição é o e-Título, um aplicativo móvel que permite acesso rápido e fácil de informações junto à Justiça Eleitoral como acesso à via digital do título de eleitor, situação eleitoral e local de votação.

Notícias Relacionadas

  • Sepé Tiaraju 16 dezembro, 2018

    Dois mortos e dois feridos em colisão frontal na ERS 239 em Rolante

    Duas pessoas morreram e outras duas ficaram feridas em um acidente ocorrido por volta das ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 15 dezembro, 2018

    MP apura denúncias de seis países diferentes contra João de Deus

    A força-tarefa criada pelo Ministério Público de Goiás (MPGO) apurou denúncias de abuso sexual contra ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 15 dezembro, 2018

    COP25 será realizada no Chile em 2019

    O Chile será o país-sede da Conferência das Partes da Convenção do Clima das Nações Unidas, a ...

    Leia mais >
© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.