Capitão Macedo destaca a campanha modesta que realizou

Foto: Arquivo Pessoal
Sepé Tiaraju 12 outubro, 2018 Fonte: A Tribuna

Uma candidatu­ra modesta, com poucos recursos e apenas o apoio da família. Essa foi a realidade do depu­tado eleito, Aparecido Macedo, popularmente conhecido como capitão Macedo, que enfrentou muitas dificuldades, par­ticipando pela primei­ra vez de uma eleição. Macedo recebeu 17.592 votos, sendo deste total 2.282 em Santo Ângelo. O candidato do PSL (par­tido de Jair Bolsonaro) também recebeu votos em várias cidades gaú­chas como Caxias do Sul onde obteve 734 votos.

O capitão Macedo, que é natural de Cambará (PR), destaca que o resul­to foi fruto de um traba­lho de 40 anos em Santo Ângelo como militar e professor de pré-vesti­bular e para concursos. “Tenho ex-alunos espa­lhados pelo Brasil que passaram em concursos públicos. Nunca esqueço um rapaz que atuava na coleta de lixo. Ele foi meu aluno e hoje é funcioná­rio da Polícia Rodoviária Federal. Neste período que atuei dei bolsas de estudos para muitos jo­vens que lutavam por um futuro melhor.”

DIFICULDADES

O militar da reserva conta que ao contrário de outros candidatos do par­tido com estrutura maior e mais recursos e cabos eleitorais, ele fez uma campanha corpo a corpo, conversando com amigos e encarando adversida­des de eleitores diante do desgaste da política no país.

“Para mim foi uma nova experiência. Entrei na política a convite do diretório do PSL de Por­to Alegre que esteve em Santo Ângelo e fez con­tato comigo. Eu na hora não aceitei. Pedi um tem­po para pensar. A mulher me disse que se não fosse se manteria as mesmas caras na política. Então decidi participar”, conta Macedo.

Os poucos recursos e sem apoio financeiro au­mentaram o desafio do capitão que revelou ter sido mordido por cachor­ro e vítima da agressivi­dade de alguns eleitores em bairros. Já no centro disse que foi mais tran­quilo, mas muitas pesso­as afirmavam já ter can­didatos.

GENERAL MOURÃO

Capitão Macedo relata que acompanhou a vin­da do general Hamilton Mourão a Santo Ângelo, quando esteve na praça Pinheiro Machado. “Fiz a entrega de meu material e pedi voto para muitas pessoas. Cheguei a ser chamado ao palanque, mas o protocolo esque­ceu de me anunciar para o pronunciamento. Mes­mo com todas essas ad­versidades não desisti.”

MANDATO

O deputado eleito diz que atuará em diferentes frentes, tendo como foco especial os empresários e a área de agricultura, mas sem esquecer a área da educação pela sua tra­jetória.

“Sou presidente do Círculo de Pais e Mestres do Colégio Tiradentes e quero olhar com carinho a educação”.

Notícias Relacionadas

  • Sepé Tiaraju 23 maio, 2019

    Rede protocola outra ação no STF contra regras para porte de arma

    A Rede Sustentabilidade, que havia entrado com uma ação contra o decreto que facilitou o ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 23 maio, 2019

    Plenário da Câmara mantém Coaf no Ministério da Economia

    O Plenário da Câmara dos Deputados rejeitou, na noite de hoje, por 228 votos a ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 23 maio, 2019

    Bolsonaro quer mecanismo para reavaliar patrimônio declarado no

    O presidente Jair Bolsonaro pediu que a Receita Federal estude um projeto que permita reavaliar ...

    Leia mais >
© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.