Caminhoneiros e governo voltam a se reunir dia 26

NULL
Lucas de Campos 11 março, 2015 Fonte:

Uma semana após o fim dos protestos que paralisaram as estradas em todo o país, os caminhoneiros voltaram a se reunir com o governo federal e empresários do setor ontem na sede da Agência Nacional dos Transportes Terrestres (ANTT), em Brasília. Ao avaliar o encontro em entrevista a rádio Sepé, O vice-presidente da Central Geral dos Trabalhadores, Carlos Alberto Litti Dahmer, considera que houve avanços desde o encontro anterior. Porém, a tabela do frete, segundo ele, “está fora da realidade dos preços”.Segundo ele, a categoria hoje está trabalhando com prejuízo, não estamos nem empatando, estamos pagando pra trabalhar. Dahmer lembrou que os motoristas querem criar uma tabela para regular o preço dos fretes em todo país. Essa proposta vai ser analisada por um dos três grupos de trabalho que foram formados durante a reunião na ANTT. Um segundo grupo vai cuidar da regulamentação da Lei dos Caminhoneiros, que foi sancionada, sem vetos, na semana passada pela presidente Dilma Roussef. A sanção dessa lei era uma das exigências dos manifestantes, mas ainda precisa de definiçõesDisse que um grupo de trabalho vai se concentrar na revisão do marco regulatório do transporte de cargas. Apesar de não ter trazido resultados conclusivos, o encontro foi avaliado como positivo pela maioria dos caminhoneiros que estavam presentes. Mas a categoria diz que segue em alerta e não descarta novas paralisações.Dahmer reiterou que a categoria vai ficar de olho. Se o governo cumprir, a gente cumpre.Uma nova reunião entre governo federal, caminhoneiros e empresários foi marcada para o próximo dia 26, em Brasília, quando as propostas desenvolvidas pelos grupos de trabalho serão apresentadas.

© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.