Brasil vai exportar gado vivo para o Irã

Sepé Tiaraju 23 outubro, 2018 Fonte: Agência Brasil

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento informou hoje (22) que o Brasil vai exportar gado vivo ao Irã. Desde 2014, o Departamento de Saúde Animal do ministério negocia com os iranianos para a abertura deste mercado, que tem potencial de comprar inicialmente pelo menos 100 mil cabeças de bovinos do Brasil por ano.

A aprovação do Certificado Zoossanitário Internacional (CZI), que permite o embarque dos animais, foi comunicada nesta segunda-feira pela Organização Veterinária do Irã ao Departamento de Saúde Animal.

O ministério explica que a conquista desta certificação se deve ao reconhecimento de que o Brasil está livre de febre aftosa com vacinação e do chamado Mal da Vaca Louca, uma vez que a exportação de gado vivo é feita somente por países que possuem rígido controle sanitário dos seus rebanhos.

Segundo a pasta, a exportação de gado vivo também representa um canal de escoamento da produção que pode contribuir para melhorar a rentabilidade e a gestão do produtor rural, a sanidade dos animais, atender os protocolos nutricionais, gerar empregos e receita cambial.

De 2010 a 2017, a exportação de gado vivo gerou US$ 3,7 bilhões em divisas para o Brasil. No ano passado, a atividade faturou mais de US$ 276 milhões e, até julho deste ano, o volume de embarques alcançou US$ 301 milhões.

Notícias Relacionadas

  • Sepé Tiaraju 26 maio, 2019

    Abelhas nativas em extinção são criadas na cidade

    As abelhas nativas sem ferrão conhecida como meliponas são as espécies mais ameaçadas de extinção. ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 25 maio, 2019

    Produção de mel sofre queda no Rio Grande do Sul

    Com a colheita do mel da florada de outono praticamente concluída no Estado, a Federação ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 25 maio, 2019

    Especialista alerta que mortandade das abelhas poderá afetar a cadeia produtiva de alimentos

    A mortandade de abelhas é um fenômeno mundial. No Brasil a situação não é diferente. ...

    Leia mais >
© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.