Brasil pode ficar sem trigo argentino até final do ano

Segundo o Ministério da Agricultura da Argentina faltam apenas 5,3 milhões de toneladas para serem comercializadas. Foto: arquivo.
bernardi 3 maio, 2018 Fonte: AGROLINK

Vital para o abastecimento do Brasil, tanto em volume quanto nos preços, a Argentina pode ficar sem trigo até o final do ano. O site do Ministério da Agricultura do país vizinho informa que faltam apenas 5,3 milhões de toneladas para serem comercializadas, uma vez que 17,5 milhões de toneladas (MT) já foram compradas pelos exportadores.
“Ora, o ritmo de uso da Argentina é de, a grosso modo, 500 mil tons/mês para os moinhos e 500 mil tons para a exportação (que está muito ativa). Isto significa que o país precisará de aproximadamente 8 MT até o início da próxima safra. Como se vê, a disponibilidade está apertada e, como dissemos na semana passada, o mercado está ‘muy nervioso’, alguns pensando até que o país precisará importar trigo americano (a US$ 265 FOB hoje para setembro, o que daria algo como US$ 295 CIF na Argentina)”, comenta o analista da Consultoria Trigo & Farinhas, Luiz Fernando Pacheco.
De acordo com o especialista, a esperança para o Brasil seria que a safra nacional de trigo fosse maior, de qualidade média e sem problemas climáticos.

SAFRA ARGENTINA

A Argentina corria o risco de não plantar toda a área prevista inicialmente, devido aos problemas que a estiagem tinha causado nas lavouras de verão. A Consultoria Trigo & Farinhas adianta ter recebido a informação de Buenos Aires de que o mês de “abril encerrou com chuvas acumuladas de mais de 100 milímetros, no geral, no pampa úmido e picos em alguns lugares acima dos 250 milímetros”.
É o que se pode observar em um mapa de chuvas acumuladas do mês, realizado por Eduardo Sierra, especialista em agroclimatologia, da BCBA (Bolsa de Cereais de Buenos Aires). “A umidade foi recuperada em toda a região pampeana e está entre ótima e com leves excessos em alguns lugares”, assinalou Sierra em entrevista ao jornal La Nación.

Notícias Relacionadas

  • Sepé Tiaraju 12 agosto, 2018

    Soja perde mais de 4% em Chicago, mas no Brasil preços se mantêm com dólar e prêmios

    Os números trazidos pelo USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) nesta sexta-feira (10) surpreenderam ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 10 agosto, 2018

    Etanol a partir de triticale pode trazer autossuficiência do combustível no RS

    O Rio Grande do Sul pode começar a produzir combustível a partir de triticale (cereal ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 8 agosto, 2018

    Variação de 14,6% na carne de frango motiva alta mensal na cesta básica de julho

    A pesquisa do custo da cesta básica em Santo Ângelo, realizada pelo curso de Ciências ...

    Leia mais >
© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.