Boletim da Emater confirma redução na área plantada com trigo

Redução projetada pela EMATER é de 30%
Lucas de Campos 3 julho, 2015 Fonte:

Um Período de alta umidade do ar e no solo compromete o avanço do plantio da cultura do trigo, conforme consta no boletim da Emater. Alguns municípios estão constatando a diminuição da área plantada em relação às estimativas iniciais, reduzindo ainda mais a área cultivada com trigo.sso se explica pelo aumento de custo de produção, frente ao baixo preço do produto e pelo risco que a cultura apresenta nesta safra, haja vista a previsão de altos volumes de chuva e temperaturas acima da média, favorecendo problemas fitossanitários.Em termos gerais, no Estado, especialmente no Noroeste, a semeadura avançou e passou para 68% da área, contra os 42% registrados semana passada. Na safra passada (2014) o Estado atingiu 65%, também prejudicada pelo clima desfavorável. Por ora o desenvolvimento inicial da cultura é considerado satisfatório, com pequenos focos de doenças. As áreas implantadas no início do período recomendado estão sendo manejadas com nitrogênio em cobertura, embora a umidade do solo tenha dificultado a entrada de máquinas nas lavouras. A alta umidade tem favorecido o aparecimento de doenças foliares, preocupando os produtores. A entrada com fungicidas para o controle inicial das doenças, se necessário, aumentará o custo da lavoura podendo comprometer o resultado líquido esperado. Vale lembrar que, em boa parte das principais regiões produtoras, o período preferencial para a semeadura se encerrou, restando poucas zonas ainda com tempo hábil para tanto.

© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.