Atraído pelo Facebook, jovem paulista é mantido em cárcere privado no RS

NULL
Lucas de Campos 6 janeiro, 2015 Fonte:

Sem saber ainda a motivação do crime, polícia libertou o rapaz nesta segunda-feira em Nova Santa Rita e prendeu mãe e filha

Um jovem de 20 anos, morador de Hortolândia, em São Paulo, foi libertado pela polícia nesta segunda-feira, após ser mantido em cárcere privado por seis dias em Nova Santa Rita, na Região Metropolitana. As informações são da Rádio Gaúcha.

Diego Alves da Silva teria sido atraído por uma jovem, através do Facebook, que o convidou para passar o Revéillon na cidade gaúcha. Ele viajou de avião no dia 31 de dezembro, e foi recebido no Aeroporto Salgado Filho pela garota. Desde que chegou na casa da família, no loteamento Berto Círio, foi mantido preso dentro de um quarto.

O jovem conseguiu ligar para a mãe do próprio celular e informou que os pais da garota eram traficantes e andavam armados pela casa. Em seguida, o celular foi desligado e a mãe da vítima não conseguiu mais contato.

Após, ela descobriu pelo próprio Facebook o nome do pai da garota e a polícia conseguiu chegar ao paradeiro de Douglas. Ele estava sendo vigiado pela garota e outras mulheres quando a polícia chegou no local, por volta das 17h desta segunda.

A garota e a mãe dela foram presas. O pai não foi localizado. A polícia ainda investiga a motivação do crime.

Fonte: ZH

© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.