Assembleia aprova LDO com congelamento de salários

Sepé Tiaraju 11 julho, 2018 Fonte: Correio do Povo

Por 33 votos favoráveis e 19 contrários, a Assembleia Legislativa aprovou na terça-feira, 10, a proposta do Executivo que dispõe sobre a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2019. O texto aprovado apresenta a previsão de R$ 49,9 bilhões em receitas e R$ 56,7 bilhões em despesas, constituindo o cálculo de R$ 6,8 bilhões de déficit nas contas públicas. A LDO aprovada também repete o congelamento dos salários dos servidores pelo quarto ano consecutivo.

A reedição da proposta com enfoque no ajuste fiscal sobre as finanças estaduais sofreu críticas da oposição, principalmente com relação ao congelamento dos salários. “A forma como votamos esta matéria sinaliza para a sociedade como cada partido pretende governar o Estado no próximo ano”, provocou o deputado petista Luiz Fernando Mainardi, referindo-se às bancadas que se colocaram favoráveis à proposta do Poder Executivo.

Relator da proposta na Comissão de Finanças, o deputado Juvir Costela (MDB) rebateu. “A contenção do crescimento das despesas é fundamental no ajuste das contas públicas.” De acordo com o governo, a proposta mantém os mesmos patamares de investimentos nas áreas fundamentais e inclui a previsão de alteração do resultado primário em função da intenção de adesão do Estado ao Regime de Recuperação Fiscal da União.

Notícias Relacionadas

  • Sepé Tiaraju 26 março, 2019

    Evento comemorativo aos 47 anos da Unimed Missões reúne público expressivo na Praça da Catedral

    A Praça Pinheiro Machado foi o palco da comemoração dos 47 anos da Unimed Missões, ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 26 março, 2019

    Seminário da CNM faz capacitação na área da educação

    Nos dias 20 e 21 de março, a Famurs foi sede de um seminário sobre ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 26 março, 2019

    Confirmados dois casos de dengue em Santo Ângelo

    O coordenador regional de Saúde, Yuri Sommer Zabolotski, admitiu ao programa Aldeia Global da Rádio ...

    Leia mais >
© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.