Assassinato em Santo Augusto pode ser considerado crime passional

NULL
Lucas de Campos 16 janeiro, 2015 Fonte:

O registro de um homicídio e uma tentativa de homicídio, na noite de ontem, no Bairro Cerro Azul, pode ser considerado crime passional     

Em entrevista à Rádio Querência o Delegado da Polícia Civil Gustavo Fleury falou sobre o assassinato ocorrido ontem em Santo Augusto. Segundo Fleury, a vítima Adelaide Lima de Camargo, 36 anos, estava passeando na residência do seu irmão, que é seu vizinho, e por volta das 22 horas um homem com quem ela mantinha um relacionamento chegou ao local e lhe chamou. Adelaide saiu da casa e nesse momento o homem disse que iria matar todos que estavam ali, e começou a disparar contra a companheira, acertando dois tiros na região do tórax, ela morreu na hora. 
 
O homem ainda acertou um tiro no irmão da vítima, José Lima de Camargo de aproximadamente 55 anos. José foi encaminhado para o Hospital Bom Pastor e em seguida para o Hospital de Caridade de Ijuí, ele não corre risco de morte.
 
O fato ocorreu no Bairro Cerro Azul, na Rua Miguel E. da Silva, segundo o Delegado, o autor dos disparos não tinha nenhum antecedente criminal e a vítima não havia feito nenhum registro contra o companheiro. A Polícia está investigando o que teria motivado o crime, acreditando ter sido um crime passional.
 
No momento em que ocorreu o fato, a filha de João Lima de Camargo e o seu marido também estavam na residência, eles não foram alvo dos disparos. Conforme o depoimento destas testemunhas, o autor dos disparos chegou ao local com a arma em punho e efetuou os tiros. Os familiares também disseram que o homem vinha ameaçando a vítima nos últimos tempos.
 
O autor do crime já foi identificado. A Polícia fez diligências ontem à noite, mas não o encontrou. Ele é considerado foragido. 
 
O corpo de Adelaide Lima de Camargo será encaminhado para necropsia em três Passos na manhã desta sexta feira.
Fonte: Dpto. Jornalismo Rádio Querência
© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.