Animais com mormo serão sacrificados hoje

NULL
Lucas de Campos 24 setembro, 2015 Fonte:

Após confirmação de cinco casos de mormo em equinos no município de Santo Antônio das Missões, na quarta-feira, 23, o chefe da 17ª Supervisão Regional da Agricultura, Alonso Duarte, falou sobre os casos.

Duarte esclarece que o teste de maleinização, feito em Belém (PA) é 100% seguro e por isso desobriga a realização do reteste. O sacrifico dos animais detectados com a doença do mormo deverão ser realizados, de acordo com Alonso, nesta quinta-feira, 24, com a aplicação intravenosa, após os animais devem ser incinerados para eliminar as bactérias. De acordo com ele, existem outros casos suspeitos, mas os casos de Santo Antônio das Missões eram os que mais preocupavam. Todos os eqüinos são fêmeas.

Alonso afrima que a propriedade foi totalmente isolada em agosto, no momento em que o resultado do primeiro teste deu positivo e assegura que nenhum outro animal teve contato com os eqüinos.

Este é o oitavo caso confirmado no Rio Grande do Sul. O primeiro foi confirmado em Alegrete durante o final de semana, também houve confirmação de casos em Uruguaiana e Alegrete.

O mormo é uma doença infecciosa que acomete, principalmente, os equinos. Ela não tem vacina, nem tratamento, e é causada por uma bactéria que é rapidamente inativada pelo calor, raios solares diretos e por desinfetantes comuns. Sua sobrevivência pode ser prolongada em ambientes molhados e úmidos.

A doença é transmitida pelo contato com o material infectante, tanto diretamente com secreções do doente, quanto indiretamente por meio de bebedouros, comedouros ou equipamentos contaminados.

Ouça a entrevista completa:

© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.