AMM reivindica financiamento federal para pavimentação urbana

NULL
Lucas de Campos 20 abril, 2015 Fonte:

O presidente da Associação dos Municípios das Missões (AMM), prefeito Angelo Fabiam Thomas, participou em Brasília de audiência com o ministro das Cidades, Gilberto Kassab. Em pauta, esteve a discussão sobre a continuidade de projetos imprescindíveis que, se cancelados ou suspensos, trarão prejuízos aos municípios e comunidades. Estavam na reunião presidentes de associações regionais gaúchas, liderados pelo dirigente da Federação das Associações de Municípios do RS (Famurs), prefeito Seger Menegaz.Da região das Missões, além do presidente da Associação, Fabiam Thomas, que é prefeito de Giruá e um dos vice-presidentes da Famurs, participou a prefeita de Sete de Setembro, Rosane Grabia.O programa Pró-Transporte, do PAC 2, que prevê obras de pavimentação urbana, mas está paralisado, é o fator que mais  deixa apreensivo o dirigente da AMM. O objetivo das lideranças gaúchas foi garantir a continuidade destes projetos considerando os gastos já efetuados pelas prefeituras desde 2013, quando o processo iniciou.O prefeito Fabiam destacou que foram investidos recursos em serviços de engenheiros, arquitetos, e nas taxas caríssimas pagas junto a Caixa Econômica Federal. “Somente os municípios missioneiros gastaram cerca de 30 mil reais, apenas para a aprovação dos projetos junto a Caixa, fora a contratação de técnicos”, relatou. Ele salientou que o programa é de financiamento e será pago pelos municípios. “Por esta razão, não se entende o porquê de tanta demora e desprezo aos municípios”, criticou. 

© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.