“A Voz do Campo” vence Canto Missioneiro

Vencedores foram conhecidos na madruga de domingo
Lucas de Campos 13 setembro, 2015 Fonte:

 

Uma composição do folclore argentino, gênero Vidala, é a vencedora do 8º Canto Missioneiro da Música Nativa que terminou na madrugada de domingo(13) em Santo Ângelo.

A VOZ DO TEMPO com letra de Marco Antônio Xiru Antunes da cidade de Pelotas e melodia de João Bosco Ayalla, de Guaíba, interpretada por Analise Severo, Flávio Hanssen e Gustavo Teixeira, sensibilizou os jurados e o público ao ressaltar a presença da voz junto a guitarra e a Latino América.

A música também foi indicada como a melhor letra do Canto Missioneiro.

O festival começou na quinta-feira(10) no centro histórico da cidade na Praça Pinheiro Machado, mas no sábado e domingo(11e12) teve que ser transferido para um local fechado o teatro Antônio Sepp devido ao frio.

Na Etapa Local a vencedora foi “Se o pai deixar a querência”, interpretada por Cláudio Vargas que levou ainda o troféu de música Mais Popular.

 

No 7º Canto Piá Missioneiro os vencedores foram Laura Baum, na categoria Juvenil com a interpretação da Música “O muro” da cidade Ivoti e Maria Alice Rosa da Silva, na Categoria Mirim que interpretou “No fio da milonga”, da cidade de Santana do Livramento.

O resultado final do 8º Canto Missioneiro é o seguinte:

3º lugar etapa local – Quem Sou, uma Vaneira com letra, melodia e interpretação de Amigo Souza.

2º lugar – Pedro Pedra, uma Chamarra, com letra de Renato Schorr e letra e interpretação de Rubilar Ferreira.

1º lugar para a canção Se o Pai Deixar a Querência com letra a melodia de Ezequiel Paiva e interpretação de Cláudio Vargas.

Melhor Melodia – Na tua Trincheira de Matheus Alves e Jorge Freitas.

Melhor Letra – A Voz do Tempo de Marco Antônio Xiru Antunes;

Melhor Intérprete – Cristiano Fantinel com a música Cena Campeira.

Melhor Instrumentista – Carlos de Césaro no contrabaixo e Gustavo Oliveira no violão, com a música Renascença.

         Melhor Trema Missões – A Missão da Última Cruz, com letra de Romulo Chaves e melhoria de Jean Kirchoff.

         Música mais popular – Se o Pai Deixar a Querência com letra e melodia de Ezequiel Paiva.

         Na etapa geral os vencedores são:

         3º lugar – Epopéia Guarani, com letra de Mário Amaral e melodia de Chico Saga e Nilton Junior.

         2º lugar – Na tua Trincheira, letra de Carlos Omar Villela Gomes e melodia de Matheus Alves e Jorge Freitas.

         1º lugar – A Voz do Tempo, com letra de Marco Antônio Xiru Antunes e melodia de João Bosco Ayalla. A interpretação foi de Analise Severo, Flávio Hanssen e Gustavo Teixeira.

 

 

© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.