2ª Etapa de vacinação contra a febre aftosa começa em novembro

Sepé Tiaraju 27 outubro, 2018 Fonte: A Tribuna

De 1º a 30 de novembro será realizada a 2ª etapa de vacinação contra a febre aftosa no Rio Grande do Sul. Devem ser imunizados bovinos e búfalos com idade de zero a 24 meses (animais jovens). A informação é do médico veterinário da Inspetoria de Defesa Agropecuária de Santo Ângelo, Luiz Cláudio Coutinho.

O representante do Estado destaca que Santo Ângelo tem cerca de 24 mil cabeças de gado e que a meta é imunizar 10 mil bovinos. Coutinho observa que não haverá doação de vacinas pela Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária e Irrigação (SEAPI/RS). “As pessoas deverão adquirir as doses até o dia 30 de novembro nas agropecuárias credenciadas pela SEAPI/RS. Em Santo Ângelo são as agropecuárias Tio Bili, Comercial Lopes, TG Agropecuária, Fogo de Chão e Agrícola Felden.”

De acordo com o médico veterinário, os produtores deverão comprovar a vacinação apresentando a nota fiscal de compra e a declaração da quantidade de animais vacinados por categoria, na Inspetoria de Defesa Agropecuária.  “Os produtores com poucos animais poderão adquirir as doses em conjunto com familiares ou vizinhos, desde que contemplem o total de animais das propriedades. A nota fiscal deverá constar o nome de todos os produtores ao ser apresentada na Inspetoria de Defesa Agropecuária.”

O prazo limite para a comprovação da vacinação é de cinco dias úteis após o término da etapa, ou seja, no dia 7 de dezembro. O produtor que não vacinar seu rebanho será multado em 60 UPF que corresponde ao valor de R$ 1.128,00 acrescido de mais 1 UPF no valor de R$ 18,80 por animal.

Notícias Relacionadas

  • Sepé Tiaraju 26 maio, 2019

    Abelhas nativas em extinção são criadas na cidade

    As abelhas nativas sem ferrão conhecida como meliponas são as espécies mais ameaçadas de extinção. ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 25 maio, 2019

    Produção de mel sofre queda no Rio Grande do Sul

    Com a colheita do mel da florada de outono praticamente concluída no Estado, a Federação ...

    Leia mais >
  • Sepé Tiaraju 25 maio, 2019

    Especialista alerta que mortandade das abelhas poderá afetar a cadeia produtiva de alimentos

    A mortandade de abelhas é um fenômeno mundial. No Brasil a situação não é diferente. ...

    Leia mais >
© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.