14 pessoas morreram em acidentes desde sexta-feira no Estado

O último acidente aconteceu na zona norte de Porto Alegre, na esquina das Avenidas Ceará e Sertório
Lucas de Campos 10 agosto, 2015 Fonte:

Pelo menos 14 pessoas morreram em acidentes de trânsito no Estado desde sexta-feira. Segundo o Comando Rodoviário da Brigada Militar, o grande movimento nas estradas faz o fim de semana de Dia dos Pais mais violento do que alguns feriadões. A média de mortes registrada nos últimos sete anos foi de 7,3 mortes por dia, quando em feriados, a média é de 6,7 (o registro da Operação Viagem Segura é feito da meia-noite de sexta-feira até a meia-noite de domingo).

O último acidente aconteceu em Porto Alegre. Um homem morreu em um acidente por volta das 6h de domingo, na esquina das Avenidas Ceará e Sertório, na Zona Norte. Segundo a Brigada Militar, o Chevette conduzido por ele colidiu lateralmente em um caminhão. Um outro ocupante do carro ficou ferido e foi encaminhado ao Hospital Cristo Redentor. O motorista do caminhão teve ferimentos leves.

Em Caxias do Sul, Claudio Ribeiro dos Reis, 40 anos, morreu após ser atropelado no km 155 da BR-116, na Serra. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, ele foi atingido por um veículo Space Fox, no bairro Santa Corona, por volta das 6h deste domingo.

No km 580 da BR-285, em São Luiz Gonzaga, um acidente envolvendo três veículos deixou pai e dois filhos mortos, por volta das 21h30min de sábado. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), uma caminhonete Nissan Frontier, com placas de São Luiz Gonzaga, trafegava no sentido São Borja-São Luiz quando se chocou lateralmente em um caminhão Mercedes-Benz de Itaqui, vindo logo após a colidir frontalmente com um caminhão Ford Cargo, também de Itaqui. O condutor do carro, Mauricio Beck Marques, 38 anos, e dois filhos, de três anos e de 10 meses, morreram no local. A mulher do condutor, Samanta Lorenzi Beck Marques, 30 anos, foi socorrida e levada ao Hospital de São Luiz Gonzaga.

Na cidade de Dilermando de Aguiar, um homem de 51 anos foi atropelado por volta das 17h deste sábado na BR 158, km 365, na Região Central do Estado. De acordo com a Brigada Militar, ele foi socorrido, mas morreu no hospital. Ainda segundo informações, o homem sofria de problemas mentais.

Em Vacaria, Diogo Pereira de Lemos, 13 anos, morreu atropelado no km 37,9 da BR-116, na noite de sexta-feira. O menino voltava da casa da avó com a irmã de nove anos quando foi atingido por um caminhão. Ele e a menina tinham ido até a residência, no Centro, convidar um primo para dormir na casa deles. Não encontraram o garoto e voltavam para casa. As circunstâncias do acidente ainda devem ser investigadas.

No município de Paraí, um homem morreu em um acidente por volta do meio-dia de sexta-feira no km 265 da ERS-324. De acordo com o Grupo Rodoviário de Casca, que atendeu a ocorrência, uma Captiva com placas do Paraná e um Gol com placas de Bento Gonçalves colidiram frontalmente. O condutor do Gol, Vitorio Lavandoski, 62 anos, foi encaminhado ao hospital de Paraí, mas não resistiu aos ferimentos.

Em Tio Hugo, no noroeste do Estado, quatro pessoas morreram em um acidente envolvendo um Gol e uma carreta, por volta das 9h30min de sexta-feira. De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal, o carro com placas de Santa Catarina invadiu a pista contrária no km 208 da BR-386 e colidiu frontalmente com o veículo de carga. Adelino Miguel Drumm, de 52 anos, que conduzia o veículo; a mãe dele, Rosália Amanda Drumm, de 81 anos; Áurea Bremm Drumm, de 46 anos; e Leoclidi Weizenmann, de 71 anos, morreram no local. O motorista da carreta, Paulo Sérgio Skrzypczak, não ficou ferido.

Já em São Borja, na região da Campanha, duas pessoas morreram na sexta-feira, em um acidente no km 653 da BR-285. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, um Celta com placas da cidade saiu da pista por volta das 6h10, capotou e caiu dentro de um açude às margens da rodovia. As vítimas foram identificadas como Valdeci Luiz de Souza Rosa, de 56 anos, e a esposa Joelci Andenir Chaves da Silva, de 52 anos. A filha, de 29 anos, estava no banco traseiro e não ficou ferida.

© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.