12ªCRS intensifica ações de combate a Dengue em Caibaté

NULL
Lucas de Campos 16 março, 2015 Fonte:

O delegado regional de saúde, Antônio Pedro Sartori, aguarda para hoje a chegada de técnicos do Centro Estadual de Vigilância em Saúde.

Eles vêm a Santo Ângelo e posteriormente estarão se deslocando para Caibaté, onde juntamente com agentes de combate à dengue da Divisão de Vigilância Ambiental incrementam uma força-tarefa visando à eliminação do Aedes aegypti, mosquito transmissor da doença.

O objetivo é conter o aumento do número de casos de dengue, por meio do controle do vetor, evitando possível epidemia no município, que já contabiliza dois casos autóctones. A equipe estadual atuará em conjunto com agentes municipais e técnicos da 12ª Coordenadoria Regional de Saúde, sediada em Santo Ângelo, entre os dias 16 e 20.

 Serão realizadas visitas e vistorias a residências para eliminar a presença de larvas do mosquito por meio de retirada, remoção e inviabilização de criadouros, limpeza de áreas públicas, orientação sobre armazenamento correto de água, vedação de caixas d água e da mobilização social. Para diminuir o risco de transmissão, nesta semana, serão feitos bloqueios de transmissão (aplicação de inseticida) em todos os bairros.

Com aproximadamente 5 mil habitantes, a meta é atingir os cerca de 1.500 imóveis de Caibaté.

“A nebulização e demais ações realizadas pelo poder público sozinhas não eliminam totalmente o risco de infestações, pois o mosquito volta a se proliferar nas áreas nebulizadas, caso as pessoas reponham os criadouros”, alerta a coordenadora da Divisão de Vigilância Ambiental em Saúde, Rosane Prato.

Segundo ela, a conscientização e o trabalho da população são fundamentais para evitar a formação de novos focos. “No processo de combate à dengue o papel do cidadão é primordial”.

Semana passada, o Laboratório Central do Estado (Lacen) confirmou 26 casos de dengue no Estado. Destes, 23 são importados (pessoas que adquiriram a doença fora do solo gaúcho). Os outros três são autóctones: um de Porto Alegre e dois em Caibaté.

 

© Copyright 2017, Todos os direitos reservados.