JORNAL TRIBUNA

Santo-angelense Luciléia é campeã mundial mais uma vez



Santo-angelense Luciléia é campeã mundial mais uma vez
Foto: Divulgação

A seleção brasileira feminina de futsal conquistou o mundo mais uma vez. Com dois gols de Amandinha e um de Nega, o Brasil superou a Rússia por 3 a 0 na decisão do Mundial da categoria, neste domingo, na Cidade da Guatemala. É a sexta vez que as brasileiras vencem a competição. Na decisão do terceiro lugar, a Espanha levou a melhor sobre Portugal: 9 a 1.

O triunfo sobre as russas conclui uma campanha sem derrotas no torneio. O time brasileiro terminou a primeira fase com duas vitórias, sobre Costa Rica (9 a 0) e Irã (6 a 0), e um empate, diante de Portugal (1 a 1). Nas semifinais, passou pela Espanha com uma goleada por 4 a 0.

Nas cinco edições do torneio disputadas entre 2010 e 2014, a seleção feminina venceu todas. Foi campeão na Espanha (2010 e 2013), Brasil (2011), Portugal (2012) e Costa Rica (2014).

Momentos históricos ficam marcados em uma época, lembrados em livros, artigos, sites ou em um simples papel. O que ocorreu ontem ficou marcado na história do Futsal Feminino, mas pouco se fala e vai falar sobre isso.

A Seleção Brasileira deu um show dentro e fora de quadra. Com respeito, amor à camisa e muita garra, venceram a sexta edição do Mundial da categoria, ganhando da Rússia em uma grande final por 3 a 0. Um feito inédito. O por quê?  São seis títulos em seis edições.   

Representaram uma nação com orgulho, amor, garra e muita paixão a um esporte que pouca valorização e visibilidade têm no Brasil. O Futsal campeão que enfrenta diversos problemas. O Futsal Campeão que precisou arrecadar dinheiro na internet pra conseguir o passaporte para o Mundial. Um Futsal Campeão que não jogou amistosos no ano.

O Futsal Campeão que tem um calendário minúsculo. O Futsal Campeão que tem as melhores jogadoras do mundo nos últimos cinco anos. O Futsal Campeão que mesmo com todas as dificuldades honra uma Nação, um País, 200 milhões de pessoas, mesmo que a maioria delas nem conheça esses feitos. O Futsal Campeão que pede mais espaço, respeito, valorização, calendário, visibilidade.


Fonte: Rádio Sepé



Voltar