JORNAL TRIBUNA

Gerente da Caixa de Santo Ângelo esclarece dúvidas sobre o saque PIS/Pasep



Gerente da Caixa de Santo Ângelo esclarece dúvidas sobre o saque PIS/Pasep
Foto: Cristiano Devicari

Na última segunda-feira, 8, o Ministério do Planejamento divulgou o calendário para saque do PIS/Pasep a pessoas com mais de 60 anos. O cronograma inicia em 24 de janeiro e nesta etapa, serão beneficiados, em todo o país, 4,5 milhões de cotistas, totalizando, a disponibilização de R$ 7,8 bilhões nas instituições financeiras.

Cerca de 1,8 milhão de cotistas terão direito ao valor total de R$ 3,2 bilhões para o Pasep. Já para o PIS, mais de 2,7 milhões de pessoas poderão sacar o total disponível de R$ 4,6 bilhões.

Para esclarecer os critérios e principais dúvidas sobre o saque, o gerente-geral da Agência Caixa Econômica Federal de Santo Ângelo, Hamilton Camara participou nesta quarta-feira, 10, da programação da Rádio Sepé – AM 540. Camara foi entrevistado pelo comunicador Hogue Dorneles, durante o programa Aldeia Global.

Camara destacou que os recursos PIS/Pasep estão disponíveis a mulheres com 62 anos ou mais e homens a partir dos 65 anos. Já em 22 de janeiro o recurso estará disponível a pessoas com pelo menos 60 anos ou mais e que são correntistas da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil.

Câmara explicou que aos correntistas das duas instituições financeiras o valor será creditado na conta automaticamente em 22 de janeiro. A partir de 24 de janeiro pessoas com 60 anos ou mais e que não têm conta na Caixa ou BB podem ser o benefício na sua instituição financeira.

 

QUEM TEM DIREITO

Só tem direito nesse fundo quem trabalhou como contratado em uma empresa ou como servidor público antes de 4 de outubro de 1988 e ainda não sacou toso dos recursos. A maioria das pessoas que tinha

A maioria das pessoas que tinha direito ao saque não recebeu o dinheiro. Segundo dados do Ministério do Planejamento, até o 10 de dezembro, foram beneficiadas 1,48 milhão de pessoas, das quase oito milhões que têm direito. Do total de recursos disponíveis (R$ 15,9 bilhões), apenas 12,1% foram sacados (R$ 1,923 bilhão).

Ainda de acordo com Camara para saber se tem ou não direito ao benefício, a pessoa pode fazer a consulta no site da Caixa Econômica Federal ou pelo telefone 0800-726-0207. A Caixa oferece ainda o aplicativo Caixa Trabalhador como opção.

Mas, é preciso informar o número do NIS, que pode ser encontrado no Cartão do Cidadão, na carteira de trabalho ou no extrato do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Também é necessário cadastrar uma senha de internet. 

 

 

 


Fonte: Jornalismo Rádio Sepé



Voltar