JORNAL TRIBUNA

Ciclone Deixa 300 Mil Gaúchos Sem Luz, Causa Alagamentos E Danos



Ciclone Deixa 300 Mil Gaúchos Sem Luz, Causa Alagamentos E Danos

Centro de baixa pressão que se originou no Paraguai deu origem a ciclone extratropical sobre o Rio Grande do Sul que provocou muita chuva e vento forte aqui no Estado sexta e hoje, como alertava a MetSul Meteorologia. Na sexta-feira, muitas cidades da Metade Norte tiveram chuva entre 50 mm e 100 mm. Alguns pontos na região de Ijuí chegaram a ter mais de 120 mm em horas. Só na sexta, Lajeado anotou 95 mm, o que elevou a precipitação de março na cidade do Vale do Taquari a espantosos 520 mm. O vento forte associado ao ciclone na sexta provocou a queda de árvores no Centro-Serra e na rodovia que liga Santiago a Jaguari, e ainda na BR-386 perto de Triufo.

Hoje, a chuva foi extrema em áreas na região da Lagoa dos Patos e entorno, como dizia a MetSul que advertiu para acumulados de 150 mm a 200 mm em poucas horas na região. Camaquã registrou 165 mm em apenas 12 horas e a cidade ficou completamente alagada. Choveu muito ainda na região de Pelotas com acumulados perto de 100 mm em alguns pontos e na área de Canguçu, onde os volumes em algumas medições chegaram a 150 mm. Houve alagamento da pista da BR-116 em São Lourenço com o transbordamento de um açude. A chuva intensa do começo do sábado causou alagamentos ainda em praias do Litoral Norte, destino de muita gente no feriadão. O vento atingiu 89 km/h em Mostardas. Em Rio Grande, a intensa ventania causou destelhamentos e queda de árvores. Em Porto Alegre, o vento bateu em 77 km/h no Morro da Polícia. Cerca de 300 mil gaúchos (75 mil clientes) estavam sem luz na manhã de sábado devido aos cortes provocados pelo vento forte, inclusive na Capital.

Rio Grande do Sul ainda estará sob a influência de circulação ciclônica neste domingo de Páscoa. Por isso, o Estado terá nebulosidade variável com alternância de sol e nuvens na maioria das regiões, mas com pancadas de chuva isoladas. Maior chance de chuva no Sul, Oeste e no Centro do Estado. Na Metade Norte as pancadas vão ser bem mais localizadas. Pontos isolados podem ter chuva forte passageira e granizo. Com a perspectiva de chuva e sol, típica de circulação ciclônica, muitos locais poderão ter a formação de arco-íris. Vento fraco a moderado com rajadas esporádicas no Sul e no Leste do Estado. Temperatura vai estar agradável. (Meteorologista Luiz Fernando Nachtigall com foto de Diego Scott dos destelhamentos em Rio Grande)


Fonte:  MetSul Meteorologia



Voltar