JORNAL TRIBUNA

Bancada gaúcha faz novo apelo por medicina na Unijuí



Bancada gaúcha faz novo apelo por medicina na Unijuí
Mariana Farias Leal/ Ministério da Educação

Integrantes da bancada gaúcha no Congresso foram recebidos nesta terça-feira, 29, pelo ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro. Os parlamentares fizeram mais um apelo para que a Unijuí seja a contemplada com curso de medicina. A instituição entrou com recurso contra a decisão que beneficiou a Universidade Estácio de Sá, do Rio de Janeiro.

O resultado do pedido de revisão foi adiado para o dia 23 de outubro. Segundo o ministro da Educação, tudo está sendo examinado com a máxima lisura possível. O reitor da Unijuí, Martinho Kelm, também participou do encontro e reafirmou que a proposta da instituição é a melhor e encontra respaldo na comunidade.

O deputado Jerônimo Goergen (PP-RS) destacou que toda a região acompanha o processo com muita atenção e ansiedade. “A expectativa é tão grande que os gaúchos não esperam outro resultado senão a escolha da Unijuí. Ninguém vai compreender que uma universidade carioca vença o certame”, ponderou.

Outro tema discutido durante o encontro foi em relação aos valores devidos pelo governo por conta dos repasses do Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) referentes ao segundo semestre. As universidades gaúchas temem que um possível atraso nos pagamentos comprometa o fechamento das contas de final de ano, pressionadas por compromissos como férias e 13º salário dos servidores. O secretário-executivo do MEC, Luiz Cláudio Costa, disse que os repasses começaram a ser feitos nesta terça-feira (29) e que os cronogramas estão normalizados.

A senadora Ana Amélia Lemos (PP-RS), o coordenador da bancada gaúcha, deputado Giovani Cherini (PDT-RS) e o deputado Dionilso Marcon (PT-RS) também participaram da audiência no Ministério da Educação, onde reforçaram o pleito da Unijuí pelo curso de medicina.


Fonte: Assessoria de Imprensa



Voltar