JORNAL TRIBUNA

AMM convoca mobilização na quarta



AMM convoca mobilização na quarta
Foto: AMM

Em consequência do atraso de repasses dos recursos da União e do Estado, a maioria das prefeituras da região das Missões já está sem qualquer condição de fechar as contas até o fim do ano. Se nada for feito, os municípios vão enfrentar uma verdadeira calamidade financeira com a suspensão quase que total dos serviços prestados à comunidade.

Ciente de que a transparência nas ações é imprescindível, a Associação dos Municípios das Missões (AMM) está convocando uma grande mobilização regional comunitária nesta quarta-feira,2, com a paralisação das atividades nas 26 prefeituras missioneiras. "Nosso foco é na conscientização da população, que precisa saber o que acontece no seu município, e na consolidação desta rede de apoio e união de forças ao nosso movimento.

Os gestores estarão falando sobre o tamanho do débito, e medidas que estão sendo adotadas, no esforço de manter o cronograma de atividades", explicou o presidente da AMM, Angelo Fabiam Duarte Thomas. Municípios missioneiros pedem socorro. Queremos o que é nosso! Este será o lema do protesto, que inicia às 8h da manhã com atos locais nos 26 municípios da AMM. 

Na sequência, às 10h30, será realizado na sede da Associação, em Cerro Largo, o grande ato regional, aberto à imprensa e entidades representativas, com uma conversa franca sobre os rumos que serão definidos a partir deste movimento. "Juntos vamos debater o futuro da região das Missões diante desta crise econômica, que não foi criada pelos municípios, mas está aí, prejudicando todos os cidadãos missioneiros", alertou Fabiam, que é prefeito de Giruá. Além da presença de lideranças regionais, estaduais e federais, também está sendo aguardada a confirmação da participação do presidente da Famurs, Luiz Carlos Folador.

 


Fonte: AMM



Voltar